top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Nuno Morna: "Tínhamos as lapalissadas e agora temos as albuquercadas"



Passados quase quatro anos, esperar que o vento passe é o melhor que o Governo Regional tem para oferecer.




O coordenador regional da Iniciativa Liberal reagiu às declarações do presidente do Governo sobre o plano de contingência para o Aeroporto Internacional da Madeira afirmando que a situação é controlar os ventos "e isso não consigo".

Nuno Morna diz: "Pronto, fica assim, de modo simplista, acertado o modo como se faz frente aos condicionalismos do Aeroporto da Madeira, Cristiano Ronaldo...Tínhamos as lapalissadas e agora temos as albuquercadas".

O coordenador da IL referiu que "há quase quatro anos, a Iniciativa Liberal Madeira, tomou posição pública sobre a necessidade de um plano de contingência para o Aeroporto. A 12 de Junho de 2019, já depois de termos abordado o assunto em Março desse ano, escrevemos:

“Urge criar um verdadeiro Plano de Contingência para o Aeroporto, que tenha em consideração não só a solução de transporte e alojamento, mas que veja o Porto Santo como verdadeira alternativa de entrada e saída com ligações marítimas rápidas ao Caniçal, e que procure minorar desconfortos. Um plano que envolva todas as partes envolvidas, dos hoteleiros aos operadores, das agências às companhias aéreas e de "handling", operado a partir de uma "sala de crise”. 

Passados quase quatro anos, esperar que o vento passe é o melhor que o Governo Regional tem para oferecer.


5 visualizações

תגובות


bottom of page