Buscar
  • Duarte Azevedo

O melhor do ano é... Alipio Silva


Treinador/dirigente/conselheiro levou jovens da Calheta e de Santana ao topo da europa e do Mundo.


Cá chegamos ao final de mais um ano. O de 2021. Do qual tanto havia para escrever que… quase nada escrevo. Passemos, então, ao que interessa, ao que é habitual por esta altura. ‘O melhor do ano é…’

Pois, ‘O melhor do ano no Desporto é… ALÍPIO SILVA!’. Especificando: a figura do Desporto na Madeira em 2021!!! Surpresa? Não… Até porque a escolha é pessoal. Mas, como sempre, baseada em factos. Vamos a eles…

Quem foi o treinador madeirense que nos trouxe o título de vice-campeão do Mundo? Quem foi o conselheiro que nos trouxe o título de vice-campeão do Mundo? Quem foi o dirigente que nos trouxe o título de vice-campeão do Mundo? Óbvio, Alípio Silva é tudo isso: treinador, conselheiro, dirigente…

Quem foi o treinador madeirense que ‘fez’ atletas madeirenses se estrearem numa modalidade e, logo, conseguirem apuramento para a Taça do Mundo? Quem foi o conselheiro madeirense que ‘fez’ atletas madeirenses se estrearem numa modalidade e, logo, conseguirem apuramento para a Taça do Mundo? Quem foi o dirigente madeirense que ‘fez atletas’ madeirenses se estrearem numa modalidade e, logo, conseguirem apuramento para a Taça do Mundo? Óbvio, Alípio Silva é tudo isso: treinador, conselheiro, dirigente…

Quem foi o treinador madeirense que ‘fez’ atletas madeirenses, fora do círculo do Funchal, nomeadamente de concelhos como Santana e Calheta, estarem por direito próprio nos principais palcos Mundiais e Europeus? Quem foi o conselheiro madeirense que ‘fez’ atletas madeirenses, fora do círculo do Funchal, nomeadamente de concelhos como Santana e Calheta, estarem por direito próprio nos principais palcos Mundiais e Europeus? Quem foi o dirigente madeirense que ‘fez’ atletas madeirenses, fora do círculo do Funchal, nomeadamente de concelhos como Santana e Calheta, estarem por direito próprio nos principais palcos Mundiais e Europeus? Óbvio, Alípio Silva é tudo isso: treinador, conselheiro, dirigente…

Recente nesta coisa de fb, sempre me aconselharam que convém não escrever muito num post. Mas como é isso possível quando se fala dos sucessos do Alípio Silva?! Atente-se no ´resumo do resumo` dos êxitos dos pupilos deste técnico/conselheiro/dirigente:

- Participação média de 25 atletas regionais nas competições nacionais; 28 títulos Nacionais Individuais dos 48 em disputa; 3 títulos coletivos (Campeão Nacional de Clubes em Absolutos Femininos; Vencedor da Taça de Portugal em Absolutos Masculinos; Vencedor da Taça e Portugal em Absolutos Femininos);

- Primeira experiência na patinagem no gelo com 11 patinadores, com triunfos na Taça de Portugal em diversos escalões da competição. Dos 11 atletas, 6 realizaram tempo para apuramento para a Taça do Mundo da modalidade, contudo devido a limitação de presenças apenas participaram 4. Afonso Silva foi 14º na Taça do Mundo da Patinagem sobre o Gelo e Marco Lira realizou tempo para apuramento ao Campeonato do Mundo que terá lugar em Janeiro de 2022;

- Campeonato da Europa: 6 patinadores do CDR Prazeres medalhados no Campeonato da Europa; Marco Lira vice-campeão da Europa e medalhas de bronze em ambas as provas de pontos; Jéssica Rodrigues medalha de bronze individual na prova de pontos; Jéssica Rodrigues medalha de prata na prova de Team Sprint; Marco Lira, Gonçalo Abreu, Luís Carlos Silva, juntamente com um atleta do Veiros, foram vice campeões da Europa de Estafeta Americana; Jéssica Rodrigues, Bibiana Silva e Joana Vieira foram medalhas de bronze na prova de estafeta americana nas juvenis femininas;

- Campeonato do Mundo: Marco Lira foi medalha de bronze na prova de Eliminar e vice-campeão do Mundo na prova de Ponto em Estrada com um grande trabalho de Gonçalo Abreu; Maria Beatriz Silva, atleta ainda júnior de primeiro ano, foi 16ª do mundo na Maratona, sendo a 6ª melhor júnior do mundo.

Mais resumido o que conquistaram os atletas sob orientação de Alípio Silva, para além de outros títulos menores, inclusive no ciclismo? 28 títulos nacionais, 6 atletas medalhados no Europeu; Vice-campeão do mundo de patinagem de velocidade; 4 atletas marcaram presença na Taça do Mundo de patinagem sobre o gelo.

UFA!!! Está ou não justificado o título de MELHOR DO ANO DO DESPORTO MADEIRENSE?! Segredo de tudo isto? Trabalho, trabalho, trabalho ‘recheado’ de muita qualidade! E até vêm atletas estrangeiros estagiar nos Prazeres!

5 visualizações

Posts recentes

Ver tudo