Buscar
  • Henrique Correia

Oito minutos, 180 mil disparos e uma taxa de 47% na ocupação hoteleira


"A Região assinalou a entrada no Ano Novo, brindando madeirenses e turistas com um dos seus principais cartazes turísticos".


Os números são oficiais. A taxa de ocupação hoteleira, neste final de ano que antes era de "casa cheia", situou-se nos 47 por cento, o que atendendo ao contexto de pandemia e das restrições em mercados emissores importantes para a Madeira, designadamente Reino Unido e Alemanha, até nem foi um mau número.

Para a despedida de um ano mau e para os indicadores que este ano "afundaram" o turismo mundial, com reflexos profundos numa Região que assenta a sua economia predominantemente no Turismo, foi um tónico para algumas unidades hoteleiras e para as áreas diretamente ligadas ao setor.

A noite da passagem de ano foi de bom tempo, os 180 mil disparos marcaram os oito minutos de fogo, antecedidos de uma "contagem regressiva", como refere uma nota publicada no site do Governo. "A Região assinalou a entrada no Ano Novo, brindando madeirenses e turistas com um dos seus principais cartazes turísticos", lê-se no mesmo apontamento, acrescentando que "estes momentos marcaram a entrada em 2021 e encheram de cor e de belíssimos efeitos os céus do antiteatro funchalense".


Veja o vídeo do Regional:

https://www.facebook.com/madeira.gov.pt/videos/200297991572635/






34 visualizações