Buscar
  • Henrique Correia

Orçamento de Santa Cruz aprovado pelo JPP; PSD vota contra, abstenção do PS


Filipe Sousa: "Orçamento é marco histórico por não ter dívidas a fornecedores, e por apresentar uma despesa 50% abaixo do limite de endividamento.


O Orçamento da Câmara Municipal de Santa Cruz para 2022 foi aprovado com os votos da maioria JPP, os votos contra da Coligação Cumprir Santa Cruz e com a abstenção do PS.

Segundo nota da Autarquia, "antes da aprovação foi feito um longo debate, com o JPP a acusar a oposição de fantasiar e discutir vírgulas, não tendo a coragem de reconhecer o trabalho que vem sendo realizado e a circunstância de hoje o Tribunal de Contas não ter nada a apontar aos orçamentos municipais, ao contrário do que acontecia antes de 2013".

Filipe Sousa sublinhou que "desde 2013 a atuação na autarquia foi transparente e responsável e isso está vertido no atual orçamento. Um orçamento que é um marco histórico por não ter dívidas a fornecedores, e por apresentar uma despesa 50% abaixo do limite de endividamento, quando em 2013 era 300% acima desse limite.

É, além disso, um orçamento que responde aos eixos estratégicos da sustentabilidade ambiental, coesão social, coesão territorial e Marca Santa Cruz.


4 visualizações