Buscar
  • Henrique Correia

Orgânica da nova Direção Regional de Saúde já está publicada

Um diretor regional e um subdiretor garantem a gestão no topo


O Governo Regional já publicou a criação da nova Direção Regional de Saúde, naquela que já foi avançada como sendo um " fato à medida", uma vez que esta alteração de orgânica permite que a antiga secretária regional da Inclusão possa vir a liderar o IASAÚDE e a DRS fica como a Autoridade da Saúde.

A nova DRS tem por missão "regulamentar, orientar e coordenar as atividades de promoção da saúde e prevenção da doença, definir as condições técnicas para a adequada prestação de cuidados de saúde, planear e programar a política regional para a qualidade no sistema de saúde, bem como assegurar a elaboração e execução do Plano Regional de Saúde e, ainda, a coordenação das relações nacionais e internacionais da Secretaria Regional.

A DRS é composta pelo Diretor Regional da Saúde com competências de orientação da ação dos órgãos e serviços da DRS, nos termos das competências que lhe sejam conferidas por lei ou que nele sejam delegadas ou subdelegadas, e exercer as funções de Autoridade de Saúde Regional, nos termos previstos na lei. É ainda composta pelo Subdiretor Regional da Saúde exerce as competências que lhe sejam delegadas ou subdelegadas pelo Diretor Regional. Entre as competências da DRS estão, entre outras, a coordenação e a vigilância  epidemiológica de determinantes da saúde e de doenças transmissíveis e não transmissíveis, bem como os sistemas de alerta e resposta apropriada a emergências de saúde pública, a nível regional e a respetiva contribuição no quadro nacional", além da elaboração e disponibilização de informação de apoio ao planeamento em saúde, em articulação com os Serviços de Saúde Pública de nível local. A nova Direção Regional assegura a elaboração e a execução do Plano Regional de Saúde, coordenando, a nível regional, a definição e o desenvolvimento de programas de saúde, com base num sistema integrado de informação, em articulação com os demais serviços e organismos do Sistema.  Apoia tecnicamente a definição das políticas, prioridades e objetivos da Secretaria Regional de Saúde e Proteção Civil e promover a procura de ganhos em saúde, assegurando a melhor articulação entre os diversos serviços e organismos.

12 visualizações