top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

PAN diz que há duas Regiões: a PowerPoint do Dr. Albuquerque e a real




Joaquim Sousa:  "Este é um governo gasto, megalómano, resmungão e anti autonomista, por isso é preciso acreditar que Melhor é Possível”.




"Ainda que o IVA 0% nos bens essenciais não seja um mau caminho, é necessário mais, é preciso baixar os impostos e o governo regional pode fazê-lo, pois tem capacidade decisória para os reduzir em até 30%". Esta uma posição saída da reunião do Conselho Estratégico do PAN.

"Nas diferentes áreas da governação, a imagem que perdura é a de que quem manda não sabe o que está a fazer, podem Miguel Albuquerque e Rui Barreto repetir até à exaustão que estamos a criar mais empresas do que antes, que a economia está melhor, mas já ninguém acredita, nem os próprios certamente", refere o partido.

Acentuaram-se as desigualdades e crescem o número de famílias profundamente afetadas pela queda do rendimento real, provocado pelo aumento dos preços dos bens de primeira necessidade.

O PAN considera que o governo em vez de anunciar “folcloricamente” com pompa e circunstância tudo e coisa nenhuma, devia governar, devia-se empenhar em criar incentivos à fixação dos jovens e à criação de emprego bem remunerado, de modo a inverter o ciclo de empobrecimento na Região.

Considera o PAN que coexistem duas regiões diferentes, a região de PowerPoint do Dr. Miguel Albuquerque e dos amigos e a região real onde vivem as e os madeirenses e uma e outra são muito diferentes e é com base nessa diferença que teimosamente o Dr. Miguel Albuquerque e o seu “companheiro de interesses do novo CDS” tentam desviar as atenções, porque eles efetivamente não querem abdicar das receitas do IVA, do IRS e do ISP, para poderem manter todos os “tachos” e as suas mordomias.

O porta-voz do PAN no final da reunião afirmou que “os madeirenses e porto-santenses merecem mais e o PAN como partido de causas que é, vê na autonomia e no desenvolvimento das potencialidades dos madeirenses e dos porto-santenses uma das suas causas maiores, pois é a autonomia que nos permite cuidar e defender as populações, os seres vivos e o território que habitamos, é a autonomia que nos permite criar condições para que possamos todos viver melhor e não só alguns”, continuou afirmando que “este é um governo gasto, megalómano, resmungão e anti autonomista, por isso é preciso acreditar que Melhor é Possível”

29 visualizações

Comments


bottom of page