Buscar
  • Henrique Correia

Pandemia fez emergir a real importância dos mais de 2 mil enfermeiros do SESARAM


Miguel Albuquerque: "Obrigado por não nos faltarem nunca e por aquele sorriso que alegra, mesmo por detrás da máscara"; Pedro Ramos: "Na Saúde constituímos uma família"







São 2005 enfermeiros no Serviço de Saúde da Região, todos com uma envolvência importante no sistema, mas com um valor acrescentado em contexto pandémico, onde as exigências são maiores e a disponibilidade importante, mais importante, na prestação de cuidados que uma situação desta natureza implica.

Hoje, 12 de maio, Dia Internacional do Enfermeiro, o secretário regional da Saúde enviou uma mensagem de reconhecimento a estes profissionais, o mesmo acontecendo com uma mensagem hoje publicada pelo presidente do Governo Regional, considerando que "este ano, mais do que nunca, a luta, o valor e a importância dos bravos homens enfermeiros e das valorosas mulheres enfermeiras, tornou-se ainda mais notório e visivel e o nosso agradecimento só poderia ser proporcional a essa luta. Obrigado, a todos e a cada um, por cuidarem, por protegerem, por salvarem, por cada gesto de carinho e por cada uma das vossas mãos que ampara. Obrigado por não nos faltarem nunca e por aquele sorriso que alegra, mesmo por detrás de uma máscara".

Ao final da tarde, realizou-se uma missa na Igreja do Colégio, onde o secretário regional de Saúde e Proteção Civil participou e agradeceu publicamente todo o trabalho desenvolvido pelos enfermeiros, em especial nestes últimos 17 meses de atuação em contexto de pandemia. “Na Saúde constituímos uma FAMÍLIA, com médicos, enfermeiros, assistentes técnicos, assistentes operacionais, técnicos de diagnóstico e terapêutica, entre tantas outras classes profissionais que integram o SESARAM”, disse.



4 visualizações