Buscar
  • Henrique Correia

Pedro Gomes lamenta inércia da Câmara na falta de água no Galeão


"Não é admissível que em pleno século XXI, e especialmente no meio de uma pandemia, a população seja privada de água potável para beber, cozinhar e higienizar".



O presidente da Junta de Freguesia de São Roque, na qualidade de deputado municipal, lamentou hoje que a Câmara do Funchal "continue a insistir no erro e a não apresentar qualquer solução para as famílias afetadas pela falta do fornecimento de água potável no Sítio do Galeão - o sítio mais populoso da freguesia de São Roque.

Apelando à resolução do problema, a proposta do PSD apresentada pelo deputado municipal acabou por ser aprovada com os votos da maioria e a abstenção da coligação confiança que, ainda assim, não se pronunciou aquando da intervenção.

“Não é admissível que em pleno século XXI, e especialmente no meio de uma pandemia, a população seja privada de água potável para beber, cozinhar e higienizar”, disse, lamentando que a autarquia, tendo conhecimento desta realidade, tenha preferido cruzar os braços ao invés de agir e responder “aos legítimos apelos de uma população que está a ser gravemente prejudicada”. Um cruzar de braços que, sublinha, “se mantém depois desta Assembleia Municipal”.

8 visualizações