Buscar
  • Henrique Correia

Pedro Ramos não recomenda viagens à Madeira neste momento; só as inadiáveis


Secretário da Saúde acredita que se os madeirenses já passaram um Natal diferente, também vão saber passar um final de ano diferente.




O secretário regional da Saúde e Proteção Civil admitiu hoje que o número de casos positivos de Covid-19 possa " disparar" na primeira quinzena de janeiro como consequência dos excessos de dezembro".

Em entrevista à RTP-Madeira, Pedro Ramos revelou que uma dezena de casos já foram detetados nos segundos testes, uma decisão que o Governo assumiu para residentes e emigrantes, estendendo recentemente para passageiros nacionais provenientes do Reino Unido, desde que foi detetada a nova variante do vírus, que também já está na Madeira.

Nesta entrevista, o governante revelou que, neste momento, não recomenda viagens para a Madeira e diz mesmo que essa é uma recomendação entre os membros do Governo, para fazerem apenas as viagens inadiáveis. "Devemos evitar a circulação de pessoas, de um grande número de pessoas".

Pedro Ramos acredita que se os madeirenses já passaram um Natal diferente, também vão saber passar um final de ano diferente. Diz que a Madeira abriu-se ao mundo em julho, garantindo em primeiro lugar a saúde dos cidadãos, mas também para não comprometer mais a economia. E aponta esperança para 2021, com a vacina e a possibilidade de ir encontrando soluções para a saúde e para a recuperação da Região. "A vacina é eficaz, é segura e quanto mais rápido atingirmos a imunidade de grupo, entre 60 a 70%, mais depressa nos poderemos livrar destas medidas".

73 visualizações

Posts recentes

Ver tudo