Buscar
  • Duarte Azevedo

'Pesca' do Marítimo no CKA começou com Leo Lima e Souza


Este ano chegaram Beltrame, em janeiro, e Henrique, agora.


É curioso referir que Henrique Rafael, o extremo esquerdo brasileiro anunciado pelo Marítimo para a nova temporada, vem de um clube onde foi colega de outro atual maritimista, o italiano Beltrame. Este chegado em janeiro mas que partilhou o balneário do CSKA Sófia com o novo verde-rubro durante um ano.

Mas as chegadas ao Marítimo vindas daquele clube búlgaro não se ficam por aqui na História uma vez que outros dois jogadores, ambos brasileiros, vieram do CSKA para a Madeira a fim de atuarem de verde-rubro. Aconteceu em 2004 com Léo Lima e Souza, dois futebolistas de classe superior: o primeiro brilhou no Marítimo a ponto de um ano depois ser transferido para o FC Porto, o que já não aconteceu com o ponta-de-lança que por cá não teve sucesso mas quando voltou ao Brasil foi o melhor marcador do Brasileirão.

Léo Lima e Souza chegaram à Madeira envoltos em grande mistério, trazidos pelo empresário Jorge Mendes, mantendo-se algum tempo como 'clandestinos'. Os jogadores rescindiram unilateralmente os seus contratos com o CSKA alegando ordenados em atraso - ao tempo foi notícia que chegaram a passar fome -, mas tiveram que esperar pela decisão da FIFA, que lhes foi favorável, para então rubricarem contratos com o CS Marítimo por 3,5 épocas. Estávamos em 2004.

Em janeiro deste ano do CSKA chegou Beltrame, jogador atingido pelo azar das lesões mas que já revelou pormenores elucidativos da sua categoria, e agora vem Henrique. Brasileiro, de 27 anos, que esteve 4 anos no CSKA, primeiro por empréstimo do Atlético Mineiro e depois transferido definitivamente. Pouco tempo depois do CSKA ter sido declarado falido mas, entretanto, trocou de dono, comprado pelo milionário Grisha Gauchev, sendo Stoichkov um dos acionistas principais, e tudo se resolveu: foi obrigado a baixar à III Divisão, foi campeão e depois comprou os direitos desportivos do Litex Lovech para voltar ao principal campeonato búlgaro. Já com Henrique como jogador, o CSKA voltou a ter sucesso e ainda na última época jogou na Liga Europa, tendo sido eliminado pela AS Roma.

Na temporada 2020/21, Henrique realizou 34 jogos com a camisola do CSKA. Onde foi colega - como mostra a imagem em baixo - de Tiago Rodrigues, um português que jogou no Marítimo por empréstimo do FC Porto, em 2015/16, um ano depois e um ano antes de o ter feito no CD Nacional, e que agora é figura principal no CSKA.

1 visualização

Posts recentes

Ver tudo