Buscar
  • Henrique Correia

Plano de vacinas atende às especificidades das Regiões Autónomas, garante ministra


Marta Temido diz que a vacinação contra a Covid-19 será universal, gratuita, e dada no Serviço Nacional de Saúde. O plano será apresentado, esta quinta-feira, pelo primeiro-ministro


A ministra da Saúde disse, hoje, aos portugueses, que o plano de vacinas contra a Covid-19, a ser apresentado esta quinta-feira pelo primeiro-ministro, será gradual e não haverá vacinação total logo no primeiro mês. A ministra falou depois da apresentação do plano ao primeiro-ministro, com a presença do ministro da Defesa, do ministro da Administração Interna e ministra da Saúde.

Marta Temido diz que a vacinação será universal, gratuita, e dada no Serviço Nacional de Saúde.

A ministra revelou haver um ponto, no País, de distribuição de vacinas, mas adiantou que algumas companhias já se disponibilizaram para fazer chegar as vacinas a pontos secundários. São cenários que estão a ser analisados pela comissão de acompanhamento, tendo em conta, designadamente, as especificidades das Regiões Autónomas".

7 visualizações