Buscar
  • Henrique Correia

População de Gaula farta de esperar pelo Governo põe "mãos à obra" no miradouro


Filipe Sousa já tinha avisado: "Se a resposta tardar, o povo gaulês arregaçará as mangas e concretizará aquele importante projeto para a freguesia".


A Câmara Municipal de Santa Cruz deu conhecimento que esta quarta-feira, 10 de março, a população de Gaula, juntamente com a autarquia, vai dar início à obra do miradouro das Lajes, "uma vez que já se cansou de esperar por uma resposta do Governo Regional".

A concentração e os trabalhos têm lugar a partir das oito.

Recorde-se que, recentemente, a Câmara Municipal de Santa Cruz veio a público revelar ter concluído, há mais de um ano, o projecto para o jardim e miradouro das Lages, em Gaula, denunciando que desde essa altura espera por uma resposta do Governo Regional, proprietário do terreno que está ao abandono. O projeto inclui a colocação de um novo abrigo de paragem, iluminação pública, estacionamentos e mobiliário de jardim.

Filipe Sousa, na altura de visita ao local, adiantou que embora a autarquia tenha tudo pronto para avançar, ainda não recebeu luz verde do Governo Regional, que é o dono do espaço que está ao abandono. "Não percebemos a falta de resposta por parte do governo, tendo em consideração que é o Governo Regional o proprietário deste pequeno prédio rústico, totalmente abandonado neste espaço nobre da freguesia de Gaula", vincou.

O autarca já então alertava que "se a resposta tardar, o povo gaulês arregaçará as mangas e concretizará aquele importante projeto para a freguesia".


11 visualizações