Buscar
  • Henrique Correia

Porto Santo abre cemitério, impõe limite de 50 pessoas e pede para serem evitados ajuntamentos

Permanência no local com a duração máxima de 1 hora;  São proibidos ajuntamentos de pessoas no interior do cemitério (máximo aglomerado de 5 pessoas)


A Câmara Municipal do Porto Santo, tal como aconteceu com a Autarquia do Funchal, também deu conta que o cemitério de Santa Catarina manter-se-á aberto nos dias 31 de outubro, no dia 1 de novembro “Dia de Todos os Santos” e no dia 2 de novembro “Dia de Finados”, no horário das 09:00 às 17:00. A lotação máxima definida para a permanência no interior do Cemitério é de 50 pessoas

A Câmara apela a "quem visite o cemitério, que se desloque apenas ao jazigo que pretende visitar e limite a circulação às atividades necessárias para o culto, limpeza e asseio da campa em causa", recomendando que "as pessoas dos grupos mais vulneráveis (crianças, idosos, grávidas e pessoas com imunossupressão ou com doença crónica) não se desloquem ao cemitério".

Numa nota publicada nos espaços oficiais do Município, é referido que "considerando o agravamento da situação pandémica, o Município de Porto Santo estabeleceu regras excecionais de acesso e permanência no Cemitério municipal. Desta forma, as famílias dos entes queridos já falecidos, poderão prestar a sua homenagem, numa data tão importante, com as tradicionais visitas ao cemitério, no dia de Todos os Santos e no dia dos Fiéis Defuntos".

Assim, o Município de Porto Santo torna público que nestes dias serão aplicadas as seguintes medidas:

A entrada de pessoas no cemitério deverá ser feita através da entrada junto ao “portão velho” e a saída deverá ser feita pelo “portão pequeno” junto à Rua D. Estevão de Alencastre;  É obrigatória a utilização de máscara no interior do cemitério; 

À entrada do cemitério, é obrigatória a desinfeção das mãos, sendo que o município irá disponibilizar gel desinfetante; É obrigatório manter a distância física e cumprir as regras de etiqueta respiratória;  É proibido partilhar materiais de limpeza (vassouras, baldes, etc.), sendo que cada pessoa deverá utilizar os seus; Permanência no local com a duração máxima de 1 hora;  São proibidos ajuntamentos de pessoas no interior do cemitério (máximo aglomerado de 5 pessoas); As casas de banho, junto ao cemitério, manter-se-ão encerradas; 

À entrada do cemitério, durante a espera, é obrigatório manter o distanciamento físico; 

Nos dias 31 de outubro, 1 e 2 de novembro, os funcionários municipais estarão a prestar apoio e a controlar os acessos, por forma a evitar aglomerados no interior do cemitério.  

A Câmara Municipal apela ao civismo de todos para que, na medida do possível, as visitas não sejam concentradas apenas no dia 1 de novembro, aconselhando a que sejam feitas ao longo da semana anterior, para que se possam ser realizadas as tarefas de limpeza e, assim, minimizar-se o tempo de permanência no cemitério, no dia de usual maior afluência, evitando ajuntamentos. 

3 visualizações