Buscar
  • Henrique Correia

Porto Santo com 2 cadeias de transmissão controladas; cuidado com as festas


População flutuante anda nas 37 mil pessoas e desde 1 de julho de 2020 chegaram 609 mil visitantes.



O presidente do Governo Regional reafirmou hoje a necessidade de analisar a situação da Covid-19 na Madeira, semana a semana, sem precipitações. Mantém o fim de setembro como o tempo provável para aligeirar as medidas de contenção, que entretanto vão manter-se tal como estão, duas delas o encerramento dos estabelecimentos à meia noite e o recolher à 1 da manhã.

Albuquerque falava à margem de uma visita às instalações da MD Klinic no Funchal, à Rua Ivens, nº3B, sendo que o Grupo foi fundado no dia 2 de maio de 2012. Sediado no Funchal conta também com mais duas clínicas, situadas em Machico e no Caniçal. A MD KLINIC foca-se em medicina dentária, dividida por especialidades. Inclui também outras áreas da medicina.

Na oportunidade, Albuquerque deu alguns números que ajudam a perceber que todos os cuidados são poucos para a prevenção: temos uma população flutuante de 37 mil pessoas e desde 1 de julho de 2020 já recebemos 609 mil pessoas. E a perspetiva é de crescimento em agosto.

O presidente do Governo diz que é preciso ir avaliando. E em setembro, se tudo correr bem com o processo de vacinação, poderemos abrir, embora não totalmente. A nossa ideia é abrir na Festa da Flor, altura em que teremos 80% da população imunizada.

Relativamente ao Porto Santo, que se encontra em rusco elevado, Miguel Albuquerque garante que a situação está controlada. Há duas cadeias identificadas, os casos novos relacionam-se com essas cadeias e por isso estamos a monitorizar. Agora, é preciso ter cuidado com as festas.



148 visualizações