Buscar
  • Henrique Correia

Porto Santo do dia para a noite, com praia, sol e poucas máscaras







O Porto Santo tem andado mais calmo desde que o policiamento foi reforçado, aproximando-se muito mais do destino tranquilo e seguro que todos pretendem como forma de valorizar um "paraíso" de férias. Mais seguro de incidentes, é certo, e também mais seguro da pandemia da Covid-19 por não ter casos e por nem ter situações suspeitas. Mas a proteção com máscaras é coisa pouca, alguns colocam e a maior parte junta-se, de dia praia, onde não é preciso, naturalmente, à noite jantar e bares, onde também não é preciso, ninguém come e bebe de máscara. E já agora, pelo meio é casa e passeio, onde também não dá muito jeito usar, guarda-se para o regresso no Lobo Marinho.

O Porto Santo destino seguro de Covid-19 deve ter cuidado, uma vez que esta quase total ausência de cuidados na recomendação de uso das máscaras, se é assim tão importante como as autoridades de saúde, daqui e parece que do resto do mundo, dizem, pode ser um risco que, em contexto de pandemia não seria necessário. Esperemos que se mantenham os indicadores positivos na ilha dourada e verde.

Ou então, desta forma, ainda vamos chegar à conclusão que o uso das máscaras não é assim tão vital. Com tanto ajuntamento, com tantos visitantes, sem máscaras e sem tempo para andar a lavar as mãos, e ainda por cima sem casos, o Porto Santo fica no topo da confiança. Ainda bem. Estas imagens dão essa imagem.







7 visualizações