Buscar
  • Henrique Correia

Porto Santo vende cupões aos munícipes por metade do valor real para compras locais


Prémios ao mérito escolar e um posto de combustível foram assuntos aprovados por unanimidade na reunião de Câmara




"Eu compro aqui. Comércio local em primeiro". É desta forma que o Porto Santo pretende incentivar ao consumo no o comércio local e dinamizar a atividade económica das pequenas empresas, ajudando-as a sobreviver num contexto de grandes dificuldades.

Na reunião de Câmara e com o "carimbo" da unanimidade, foi aprovada

"O Município vai investir 30,000€, em cupões de 10,00€ e 20,00€. Esses cupões são comprados pelos munícipes por metade do valor. Cada munícipe (por cada NIF) pode adquirir até 50.00€ em vales que lhe custará metade do valor, neste caso, 25,00€. A medida representa um valor superior a 60.000€ a circular na economia local".

"Sabemos que o comércio local é justamente um dos setores que tem contribuído para o desenvolvimento económico do Concelho do Porto Santo. Fruto da situação atual em que nos encontramos, todos os eventos tiveram de ser cancelados ou adiados, o que levou a um decréscimo acentuado de pessoas no Concelho que, em condições normais, muito contribuíam para o seu crescimento e desenvolvimento económico", refere uma nota da Autarquia.

Nesta reunião da Câmara do Porto Santo, foi ainda decidido atribuir prémios ao mérito escolar, distinguido os melhores alunos de cada ano de escolaridade, com efeitos a partir do 4.º ano até ao 12.º ano, incluindo o ensino profissional.

Serão entregues aos alunos com os melhores resultados escolares 12 prémios anuais, com valores desde os 100€ até aos 250€. O investimento do Município cifra-se nos 3.000€.

A média mais alta é o único critério de atribuição, sendo apenas considerados como candidatos os alunos residentes no Porto Santo, cujos encarregados de educação tenham o seu domicílio fiscal e que tenha frequentado todo o ano letivo numa instituição de ensino no concelho. A seleção dos alunos cabe às direções das escolas que posteriormente nos comunicam e informam até ao final de julho. Posteriormente, a 7 de agosto, no dia da Cidade, a Câmara promove uma Gala Anual da Educação para entrega dos prémios.

Desse modo o prémio para o melhor aluno do 4.º ano do 1.º ciclo será de 100€, o 5.º e 6.º ano, 150€ cada, no 3.º ciclo 200€ a cada, e no secundário, tanto no ensino Científico/Humanístico, como no ensino Técnico/Profissional, o prémio é de 250€, para cada.

Também na reunião de hoje, igualmente por unanimidade, foi aprovado o projeto de arquitetura para construção de um posto de abastecimento de combustíveis líquidos a levar a efeito no lote 7 do Loteamento II do MPE, localizado no Tanque. Foram aprovados os projetos de arquitetura e de especialidades e conceder a respetiva licença, bem como a emissão do alvará de licença de construção deverá ser requerida no prazo de 1 ano

5 visualizações