Buscar
  • Henrique Correia

Prada diz que visita de Costa "é mais um tiro no pé"


"É o mesmo que não cumpriu com a promessa do ferry que fez, precisamente em Machico, nas regionais de 2019".




O primeiro-ministro António Costa está hoje na Madeira na qualidade de secretário-geral do PS para participar numa ação de campanha socialista visando as autárquicas do próximo domingo, 26 de setembro.

O PSD-M já reagiu, através do secretário-geral José Prada, considerando que "este homem não diz a verdade e nunca, em momento algum, cumpriu com os Madeirenses. Aliás, não só não cumpriu como prejudicou, gravemente, todos os que aqui vivem, precisamente porque, relativamente à Madeira, nunca soube ser Primeiro-Ministro e nunca soube colocar os interesses da nossa população – tão portuguesa como qualquer outra – acima dos seus interesses políticos e partidários.

Este homem, que não resolveu o problema da mobilidade aérea nem nunca fez cumprir o princípio da continuidade territorial, fazendo-nos pagar mais pelas viagens dentro do nosso próprio País, é o mesmo que vem, agora, apelar ao voto no seu PS. É o mesmo que não cumpriu com a promessa do ferry que fez, precisamente em Machico, nas regionais de 2019, é o mesmo que não resolveu o financiamento do novo hospital, que adia a questão dos juros, que foi incapaz de conceder o aval à Região em plena pandemia e quando milhares de Madeirenses foram gravemente prejudicados naquilo que era mais sagrado. É o mesmo que, mais recentemente, deixou o Porto Santo sem ligações aéreas".

José Prada acrescenta que "esta visita é mais um tiro no pé daqueles que, mais uma vez, deixam claro que estão na política não para servir a Madeira, mas, sim, para agradar o seu Partido, sobretudo aos que continuam a olhar para todos nós, Madeirenses, como Portugueses de segunda ou terceira categoria".

10 visualizações