Buscar
  • Henrique Correia

PS-M vai apresentar 75 propostas no debate do Orçamento da Região


Para Paulo Cafôfo, "este nunca seria o Orçamento do PS, pelo que propomos um conjunto significativo de alterações que visam a melhoria do documento”


O grupo parlamentar do PS Madeira anunciou que vai levar 75 propostas à discussão do Orçamento Regional para 2021 em sede de especialidade.

O objetivo socialista é "melhorar o documento em matérias como: proteção do emprego, auxílio efetivo às empresas, medidas de estímulo à coesão territorial e de capacitação da população em risco de pobreza, corrigindo desigualdades sociais flagrantes".

O PS Madeira já anunciou a abstenção na generalidade e Paulo Cafôfo justifica dizendo que “o Partido Socialista irá aguardar pela postura do PSD e do CDS e reserva o seu sentido de voto na votação final global, mediante aquela que será a postura e aceitação do PSD/CDS às nossas propostas de alteração ao Orçamento Regional para 2021”.

Para Paulo Cafôfo, este nunca seria o Orçamento do PS, “pelo que propomos um conjunto significativo de alterações que visam a melhoria do documento”. O presidente do PS Madeira justifica a abstenção como indicação de voto da bancada “pela forma como encaramos a democracia, com responsabilidade e respeito pela população que atravessa um momento difícil”.

O PS Madeira pretende assim, com base nas suas propostas, políticas públicas de estímulo no esforço de manutenção e criação de emprego, de apoios efetivos às empresas, de políticas de solidariedade para os grupos sociais mais vulneráveis e uma política de coesão regional, que não esqueça os concelhos da Costa Norte e Porto Santo.

4 visualizações