top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

PS pede explicações a Calado sobre descargas nas águas do Lido



Pedido de informação e documentação dirigido ao presidente da edilidade.





O Grupo Municipal do PS-Funchal requereu ao Executivo camarário a confirmação ou desmentido da ocorrência de descargas de emergência da Estação Elevatória localizada na Estrada Monumental que podem estar na origem da sujidade visível nestes dias nas águas do mar da cidade, entre a Praia Formosa e o Lido, refere uma nota dos socialistas.

Num pedido de informação e documentação dirigido ao presidente da edilidade, Pedro Calado, a representante do grupo de deputados socialistas na Assembleia Municipal do Funchal Andreia Caetano faz referência às notícias que têm vindo a público nos últimos dias, dando conta da onda de desagrado gerada pelo mar conspurcado.

Recorde-se que as vozes de revolta fizeram eco na Quinta do Calaça, com o Presidente do Clube Naval do Funchal a apontar publicamente que “o odor, para quem nada, não engana e afugenta qualquer drone”, numa referência implícita ao equipamento especial do qual se socorreu recentemente a secretária Regional do Ambiente, Susana Prada, para garantir que o lixo no mar não provinha de esgoto, mas de poeiras e microalgas.

Uma tese que, de resto, foi prontamente secundada pelo administrador da Frente MarFunchal, para quem a conspurcação é fruto do levantamento sazonal de “terras” pelas levadias e não de qualquer “porcaria”.

“Já com resultados laboratoriais a acusar a presença da bactéria E. coli na Doca do Cavacas, o máximo responsável pela gestão dos espaços balneares do município do Funchal demonstra, com as suas declarações, estar muito mais preocupado em apresentar serviço com despedimentos e com aumentos dos preços das entradas nos complexos, onde até as crianças de 7 anos passaram a ter de pagar para ir a banhos, do que com a qualidade das águas”, lamentam os socialistas, apontando que “a ocorrência precisa de ser cabalmente esclarecida”, por tratar-se de “matéria que afeta a saúde pública”.

8 visualizações

Comments


bottom of page