top of page
Buscar
  • Henrique Correia

Receitas das multas da GNR vão a 100% para o Governo Regional


GNR também quer protocolo com o Governo igual ao que permite à PSP beneficiar de material que é suportado por 30% das receitas das multas.




No dia em que a PSP recebeu, das mãos de Miguel Albuquerque, equipamentos informáticos avaliados em cerca de 80 mil euros, em resultado de um protocolo inicialmente assinado em 2006 e renovado em 2019, prevendo que 30% por cento da receita das multas corresponde a material para a polícia, indicado pela própria polícia, coloca-se a questão sobre o que ocorre com uma outra força policial em serviço na Região, a GNR, que sem qualquer protocolo vê o produto das multas ir inteirinho para o Governo Regional.

Sabe-se que a GNR estaria na disposição de assinar um protocolo com a Região no sentido de ficar com uma condição semelhante à que é conferida à PSP por via deste acordo. Para mais neste momento em que se debate a possibilidade da GNR passar a fazer patrulhamento no Funchal em complemento da ação da PSP que tem a competência do policiamento urbano.

Relativamente à Polícia de Segurança Pública, o presidente do Governo lembrou hoje que "até à data, ao abrigo do protocolo entre o Governo Regional e a PSP, já foram investidos cerca de 1,5 milhões de euros".

8 visualizações
bottom of page