Buscar
  • Henrique Correia

Região vai consagrar parte do empréstimo de 458 milhões para segurar emprego

Objetivo virado para a hotelaria, restauração e comércio


A Madeira vao receber aproximadamente, 700 milhões de euros, a que acresce 1.200 milhões de euros, no âmbito do próximo quadro plurianual 2021-2027. Estes números foram hoje apresentados pelo presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, que se deslocou esta terça-feira ao Continente, onde acompanhou a apresentação dos Planos de Recuperação Económica da União Europeia e do país, sendo que à Região Autónoma da Na ocasião, o líder do Executivo salientou a necessidade de os apoios serem disponibilizados o mais rapidamente possível, assim como a criação de mecanismos, por forma a os alocar na economia, no emprego e no apoio social. 

Neste sentido, e porque, como recordou Miguel Albuquerque – a execução dos fundos só deverá ocorrer em maio ou junho de 2021, ou seja, dentro de nove meses – o Chefe do Governo quer assegurar, já no imediato, um quadro reforçado de apoio, que permita segurar postos de trabalho, designadamente nos setores da hotelaria, restauração e comércio, consignando, para o efeito, parte da verba do empréstimo de 458 milhões de euros.

15 visualizações