top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Requalificação fez os políticos "subirem" ao Pelourinho


Ao lado do projeto de luxo Residencial Insular, de Avelino Farinha, está a requalificação pública para valorizar a zona nobre da cidade. Quem fez foi a Socicorreia por 3,6 milhões.







Miguel Albuquerque visitou o agora reabilitado Largo do Pelourinho. Um espaço público que valorizou o investimento privado do grupo AFA, o Residencial Insular, um empreendimento imobiliário de luxo na antiga fábrica da Insular de Moinhos.

O projeto privado é de Avelino Farinha mas quem ganhou o concurso para reabilitar as Ruínas de São Filipe e o Largo do Pelourinho foi um seu parceiro de negócio, o grupo Socicorreia, por um valor de 3,6 milhões de euros.

Neste momento, a intervenção ainda prossegue tendo em vista a conclusão de um novo núcleo museológico, integrado no projeto.

"Este é um espaço, onde houve escavações arqueológicas", recordou o Chefe do Governo.

"E vamos ter aqui treze espaços expositivos, com uma explicação pedagógica daquilo que aqui foi encontrado. Será uma atração. Um núcleo arqueológico neste espaço, que ficará aberto ao público", indicou.

A obra dá uma nova dimensão e recupera a importância do Largo do Pelourinho, promovendo a continuidade da corrente citadina entre a Rua Direita e a Travessa da Malta, à cota baixa, e a Praça da Autonomia, à cota superior.

Paralelamente, toda a área das muralhas e forte, que compunham o histórico sistema defensivo da cidade, ficará associada ao núcleo museológico.


21 visualizações

Comentários


bottom of page