Buscar
  • Henrique Correia

Ribeiro e Castro projeta para a Madeira a eleição de 6 deputados


Defende uma reforma eleitoral com círculos uninominais




O presidente da Associação Para uma Democracia de Qualidade (APDQ) apresentou, hoje, no Parlamento madeirense uma reforma eleitoral com círculos uninominais, para as eleições para a Assembleia da República, como refere um texto do gabinete de comunicação da ALRAM.

“É uma proposta honesta, que não beneficia nenhum partido em particular, fácil de concretizar e justa”, garantiu José Ribeiro e Castro na conferência proferida no Salão Nobre da Assembleia Legislativa da Madeira.

O projeto, que já foi apresentado na Assembleia da República, pretende promover a cidadania ativa através da eleição de 105 deputados em círculos plurinominais, de outros 105 em círculos uninominais, 04 mandatos continuam afetos às comunidades portuguesas e 15 mandatos são garantidos num círculo nacional de compensação e repescagem. “Com este sistema vai haver pelo menos 105 campanhas eleitorais. Aumentará o interesse pelas eleições uma vez que há 105 cidadãos a fazer campanha e não apenas os partidos”, vincou o proponente. “A nossa proposta é uma reforma da lei eleitoral estritamente fiel à Constituição”, disse.

Para a Madeira, projetou a eleição de 6 deputados, 3 em círculos plurinominais e 3 em círculos uninominais (Funchal, Madeira Oriente e Porto Santo, e Madeira Oeste).

9 visualizações