top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

SESARAM vai averiguar denúncias do PAN sobre o Serviço de Obstetrícia



Em causa alegadas pressões do serviço no sentido de evitar cesarianas.



Como aqui demos conta, o PAN denunciou hoje vários casos de procedimentos anormais no Serviço de Obstetrícia do Hospital Dr. Nélio Mendonça, envolvendo depoimentos de grávidas dando conta de pressões no sentido do parto normal evitando o recurso a cesariana.

Depois desse comunicado, a Administração do SESARAM emitiu uma nota onde garante que irá proceder a averiguações no sentido de apurar as situações denunciadas pelo PAN.

Recorde-se que o PAN trouxe a públicoque "uma mãe denunciou que esteve dois dias a deambular pelos corredores do 4º andar do Hospital para forçar o parto, não se tratando de um caso único. Acrescentou que outra mulher, que foi mãe pela primeira vez depois dos 40 anos, foi durante três dias sujeita à indução de parto até que decidiram realizar uma cesariana. Quetionámo-nos sobre o porquê deste atraso: Será que o Hospital tenta cada vez mais evitar partos por cesariana, a fim de reduzir os custos dos partos? Não seria legítimo avançar para um cesariana mais precocemente, uma vez que após as 24 horas a mulher encontra-se exausta, evitando assim menos tempo de internamento e as consequências associadas aos cuidados de saúde?"

7 visualizações

Comments


bottom of page