top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Solução pode vir de dentro; José Manuel Rodrigues é a quarta parte do consenso




José Manuel Rodrigues terá um peso grande na decisão (uma espécie de acordo não escrito) que pode trazer algumas alterações de última hora por ser necessário acordo entre as partes. Todas.




Já se sabe que Miguel Albuquerque vai renunciar à presidência do Governo Regional e essa revelação já estará a ser dada na comissão política do partido, reunida na sede a Rua dos Netos. Daí deve sair, também, a solução para a figura que vai substitui-lo por consenso entre as partes, sendo que ao longo do dia foram avançados vários nomes e uma possibilidade do Presidente da República, de "mãos atadas" por prazos constitucionais (a Assembleia não pode ser dissolvida nos primeiros seis meses de Legislatura), era aceitar um governo com outro presidente. Até ver.

Mas em política, são normais as negociações e as cedências entre as partes, sabendo-se que neste caso dá-se a curiosidade, segundo fontes em negociação interpartidaria, de haver o PSD, CDS, PAN e...José Manuel Rodrigues, que terá um peso grande na decisão (uma espécie de acordo não escrito) que pode trazer algumas alterações de última hora, designadamente a escolha vir a ser de dentro e não de fora, o que de certo modo contraria a ideia de Marcelo de aceitar um novo presidente mas sem ligações aos governos anteriores. Como todos devem estar de acordo para uma solução consensual, naturalmente a posição de Rodrigues tem força negocial.

De facto, Marcelo está amarrado agora, mas no final de Março não. Na altura, poderá mesmo optar pela dissolução da Assembleia, face à posição, que deverá ser tida em conta, dos partidos da oposição, que defendem eleições antecipadas.

Veremos o que Albuquerque vai anunciar.


31 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page