Buscar
  • Duarte Azevedo

Ténis de mesa olímpico tem seis atletas que já passaram pela Ponta do Pargo

Atletas representam vários países, entre os quais... Portugal.


Os Jogos Olímpicos 2020, que já começaram neste ano de 2021 em Tóquio, têm a curiosidade de terem na modalidade de ténis de mesa seis atletas que já jogaram com as cores da ADC Ponta do Pargo.

Com efeito,o clube dirigido por Gilberto Garrido teve, em anos anteriores, nas suas fileiras Fu Yu (chinesa que representa Portugal e que na Madeira alinhou, também, no Câmara de Lobos e Estreito, casada com o mesatenista madeirense Duarte Fernandes), Edem 'Maba' (nigeriana, referência do desporto africano, com uma Fundação com o seu nome na Nigéria, e que durante mais de 5 anos jogou na Ponta do Pargo), Jessica Hyamada (Brasileira, agora sediada na Europa, vive atualmente na Polónia), Sarah Hanffou (repete presença olímpica defendendo os Camarões) e - o único homem do grupo - Ibrahima Diaw (representa o Senegal e esteve pouco tempo ao serviço da Ponta do Pargo pois a Federação da Dinamarca, onde também jogava, proibiu que assumisse o papel de 'volante'). A juntar a estes nomes há, ainda, o de Chelsea Edghill, que está no Japão integrando a seleção do Suriname - antiga Guiana Holandesa -, tendo vindo para a Madeira estagiar no ténis de mesa da Ponta de Pargo a fim de ganhar bagagem suficiente para ser apurada para 'Tóquio 2020', o que conseguiu.

5 visualizações