top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Taxas Euribor atingem máximos desde 2008 e afetam crédito das casas


No prazo de seis meses, a taxa Euribor, que entrou em terreno positivo em 06 de junho, também avançou hoje, para 3,461%.




O Jornal Económico revelou hoje que a

taxa Euribor a 12 meses, que atualmente é a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação com taxa variáve, foi fixada em 3,978%, mais 0,034 pontos, um novo máximo desde novembro de 2008.

"Segundo o Banco de Portugal, a Euribor a 12 meses já representa 43% do ‘stock’ de empréstimos para habitação própria permanente com taxa variável, enquanto a Euribor a seis meses representa 32%.

Após ter disparado em 12 de abril de 2022 para 0,005%, pela primeira vez positiva desde 05 de fevereiro de 2016, a Euribor a 12 meses está em terreno positivo desde 21 de abril de 2022", revela a publicação.

No prazo de seis meses, a taxa Euribor, que entrou em terreno positivo em 06 de junho, também avançou hoje, para 3,461%, mais 0,010 pontos do que na quarta-feira e um novo máximo desde novembro de 2008.


3 visualizações

Comentarios


bottom of page