top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Tecnovia Madeira faz 1.ª fase da nova unidade de Saúde do Porto Santo


Pelo preço contratual de € 4.288.000,00 e prazo de execução de 540 dias. A obra deverá ir para o terreno em maio.






O Conselho de Governo Regional de hoje autorizou a adjudicação da "Unidade Local de Saúde do Porto Santo – 1.ª Fase - Estruturas e Fundações" à empresa Tecnovia- Madeira Sociedade de Empreitadas SA/Farrobo Sociedade de Construções, pelo preço contratual de € 4.288.000,00 e prazo de execução de 540 dias. A obra deverá ir para o terreno em maio.

Uma informação da secretaria regional dos Equipamentos e Infraestruturas refere que "a nova Unidade Local de Saúde será construída num terreno que fica localizado no eixo viário entre o centro da cidade do Porto Santo e o aeroporto da Ilha. O terreno tem cerca de 20.200m2 e o edifício terá uma área de 6194 m2.

O edifício será composto por duas unidades: a Unidade Local de Saúde, que ocupará grande parte do edifício, e a Unidade de Cuidados Continuados, que funcionará numa ala com autonomia própria, mas que poderá utilizar alguns dos serviços do restante edifício. Todas as possíveis valências poderão ser utilizadas mediante um acordo inicial que ambas as entidades celebrarão.

A mesma informação adianta que O acesso ao Serviço de Urgências é feito diretamente do exterior, existindo 2 entradas: uma para a zona de receção/secretaria e a outra três para a sala zero (emergências), O acesso às urgências depois diverge para duas zonas uma com acesso condicionado e em situações de pandemia e a outra para as urgências. Através da receção central, que fica localizada no bloco técnico de apoio, podemos aceder a todas as áreas funcionais. Contudo, e em caso de necessidade ou por questões de segurança, é possível entrar ou sair de cada um dos serviços médicos ou dos serviços de apoio.

Envolvendo todo o edifício, foi criado um anel de segurança, uma rede viária que circundará toda a unidade. Junto às entradas de acesso a cada serviço foram criadas bolsas de estacionamento, sendo que no total estão previstos cerca de 99 lugares de parqueamento geral (funcionários e utentes), mais dois lugares para as ambulâncias, um para a EMIR e quatro para carros de fornecimentos.

A Unidade de Cuidados Continuados ocupará uma ala do edifício com uma área de cerca de 945 m2, desenvolvendo-se num só piso. Nesta Unidade existem 4 quartos triplos, 2 quartos duplos, 3 quartos individuais e um quarto de isolamento, todos com uma ótima exposição solar e com uma instalação sanitária adaptada e privativa.

7 visualizações

Commentaires


bottom of page