Buscar
  • Henrique Correia

Testes no País à volta dos 1,9 milhões; Madeira com 65.848 no Laboratório do SESARAM

Colheitas nos aeroportos da Madeira vão em 34911



Portugal realizou à volta de 1.9 milhões de teste de diagnóstico à COVID-19 desde o dia 1 de março. No caso particular da Madeira, o enquadramento é de que até dia 21 de agosto, no laboratório de Patologia Clínica do SESARAM foram processadas 65848 amostras para teste de PCR; no contexto da operação de rastreio de viajantes nos portos e aeroportos da Madeira e do Porto Santo, regista-se um total cumulativo de 34911 colheitas.

Relativamente ao todo nacional, “apesar de ser um período de férias por excelência, em agosto não houve um decréscimo da testagem. Foram feitos em média cerca de 13.600 testes por dia”, revelou o governante, destacando que há, neste momento, 100 laboratórios a processar amostras.

“Esta rede será estendida no âmbito da estratégia integrada outono/inverno”, destacou o responsável. Até à data, 47.4% dos testes foram feitos em laboratórios públicos, 40.5% nos privados e 12.1% em laboratórios da academia e militares.

Segundo Lacerda Sales, o secretário de Estado da Saúde, a situação nos lares mantém alguma estabilidade. “Há 70 Estruturas Residenciais Para Idosos com casos positivos, o que corresponde a 2.8% do universo de ERPIs em Portugal. São 532 utentes e 229 profissionais positivos”, especificou, acrescentando que os surtos continuam a ser acompanhados com atenção, num trabalho de parceria com a Segurança Social, as instituições e as autarquias.

8 visualizações