Buscar
  • Henrique Correia

Visitas aos lares na Região poderão retomar na Páscoa; aulas aguardam AstraZeneca


A decisão em relação à retoma das aulas presenciais para os alunos do ensino secundário aguarda a decisão da Agência Europeia do Medicamento em relação à vacina da AstraZeneca.



Os lares podem abrir a visitas ainda na Páscoa, se a situação epidemiológica continuar a evoluir favoravelmente. Quanto à retoma do ensino presencial aos alunos dos 10º, 11º e 12º anos, tudo estará dependente da autorização da vacinação com o fármaco da AstraZeneca. Quem a perspetiva é Miguel Albuquerque, como refere uma nota publicada prlo Governo citando as declarações prestadas à margem de uma visita à vereda da Palha Carga, no Rabaçal.

A referida vereda, parte integrante da Rede de Percursos Pedestres do Rabaçal, foi reabilitada ao longo da sua extensão – 1,8 quilómetros –, tendo sido realizada, para o efeito, a limpeza e remoção de vegetação e pedras no trilho ou em risco de queda, a regularização e reparação do pavimento com calcetamento ou lajeado, a construção ou reconstrução de degraus em basalto e em madeira tratada, a instalação de varandins de segurança, o reforço de muros de suporte e de taludes.

O presidente do Governo sublinhou que a vacinação a utentes e funcionários dos lares está praticamente concluída, devendo ser concluída até final do mês, permitindo que as famílias com idosos institucionalizados possam vir a visitá-los já nesta Páscoa, desde que seja cumprido as regras de distanciamento.

Por outro lado, a decisão em relação à retoma das aulas presenciais para os alunos do ensino secundário aguarda a decisão da Agência Europeia do Medicamento em relação à vacina da AstraZeneca.

Se a decisão for positiva, poderá ser possível retomar as aulas presenciais no ensino secundário. Mas, diz não ser ainda possível dar a garantia da retoma do ensino presencial após a Páscoa









2 visualizações