Buscar
  • Henrique Correia

"Votar no PS é a garantia da Autonomia, do financiamento dos projetos estruturantes"


"Esta boa equipa que está hoje construída não vai para a Assembleia da República fazer barulho e andar à gritaria".




O cabeça de lista do PS Madeira à Assembleia da República, Carlos Pereira, apresentou hoje a equipa candidata nas eleições antecipadas de 30 de janeiro, tendo como número dois Miguel Iglesias, um homem do grupo de apoio a Paulo Cafôfo, o presidente demissionário.

Carlos Pereira escreveu hoje, no seu Facebook, que apresentou hoje a lista de candidatos à Assembleia da República, "com entusiasmo e motivação para demonstrar aos madeirenses e porto-santenses que votar no PS no dia 30 de janeiro é garantia de estabilidade, de crescimento económico, mais rendimentos, melhores salários, aumentos de pensões, e sempre com contas certas. Votar no PS é a garantia da Autonomia, do financiamento dos projetos estruturantes para a Região, e da melhoria da nossa qualidade de vida".

"Esta boa equipa que está hoje construída não vai para a Assembleia da República fazer barulho e andar à gritaria. Vai para a Assembleia da República defender com elevação e com dignidade os interesses da Madeira», disse Carlos Pereira, durante a apresentação da lista de candidatos, que teve lugar esta manhã.

O socialista, que já foi deputado nas duas legislaturas anteriores, afirmou que esta é uma equipa tem uma liderança e um projeto e que «não precisa de nenhuma bengala na Região com chicote para tentar defender interesses absolutamente de personalidade e de caprichos pessoais». «Isso connosco não acontece», afiançou.

Fortemente crítico em relação à atuação do PSD, Carlos Pereira frisou que nunca os madeirenses verão, por parte do PS, na Assembleia da República «a defesa do interesse da Madeira com telefonemas para trás e para a frente, com hesitações, com vota contra e a favor». «Isso não vai acontecer. Isso é muito humilhante para os madeirenses e não dignifica o interesse da Madeira», disse ainda.

A lista de candidatos efetivos é composta por Carlos Pereira, Miguel Iglésias, Marta Freitas, Mara Franco, Luís Chá-Chá e Sofia Dias. Como candidatos suplentes, o PS apresenta Ricardo Freitas, Isabel Garcês, Ângela Silva, Urbano Ferreira e Dorisa Aguiar.

O líder do partido Paulo Cafôfo afirmou que a 30 de janeiro "a escolha em causa é quem os portugueses querem para primeiro-ministro: António Costa ou Rui Rio. "O PS não fica nas queixas, é proativo e António Costa é o homem certo para poder, com diálogo, resolver os problemas, assim queira o Governo Regional do PSD", referiu.

"Precisamos de uma estabilidade e só o PS é que pode garantir essa estabilidade, para não andarmos sempre de miniciclos em miniciclos, porque os portugueses, e os madeirenses em particular, querem previsibilidade nas suas vidas», afirmou Cafôfo, alertando que «os madeirenses não podem premiar quem foi irresponsável e provocou estas eleições antecipadas".

3 visualizações