Buscar
  • Henrique Correia

Zona Franca da Madeira usada por Salgado para "placa giratória", revela o Público



Informação remete para o despacho de acusação do Ministério Público.



"A Sucursal do BES na Zona Franca da Madeira serviu como "placa giratória" usada por Ricardo Salgado para o Banco angariar clientes da América do Sul e África. PDVSA (Petróleos da Venezuela) e outras empresas venezuelanas chegaram a ter quase 7000 milhões de dólares no BES

em 2013 e ainda tinham mais de 3.100 milhões em 2014. Depósitos eram investidos no GES.

A informação foi hoje revelada pelo jornal Público, com chamadas de destaque à primeira página, remetendo para o despacho de acusação do Ministério Público.

Ricardo Salgado está acusado de 65 crimes em contexto da queda do universo Espírito Santo: 29 de burla qualificada, 12 de corrupção, nove de falsificação, sete de branqueamento, cinco de infidelidade, dois de manipulação de mercado e um de associação criminos

15 visualizações