Buscar
  • Duarte Azevedo

Afinal, a (ainda existente) ADUM vai ser extinta...



Eis mais um episódio da 'novela União?


A publicação, esta quarta-feira, no JM, de uma Convocatória da Associação Desportiva União da Madeira pode denunciar que, afinal, a ADUM não mudou de nome para Clube de Futebol União da Madeira 1913... apesar de ter mudado! Pois, não se percebe e, sinceramente, é difícil entender. Ao fim e ao cabo, mais um episódio desta novela digna dos melhores tempos da brasileira Globo.

Resumidamente, tivemos dois sócios fundadores (Ramiro Morna e Eurico Sousa) que recentemente convocaram uma Assembleia Geral sem o outro sócio-fundador, o Clube de Futebol União da Madeira, para mudarem o nome da Associação Desportiva União da Madeira para Clube de Futebol União da Madeira 1913 e reduzirem os membros da direção. Só que, entretanto, outra AG da ADUM, foi publicamente convocada pelo presidente da Assembleia Geral, Estanislau Barros, para o último sábado, da qual nada transpirou. No entanto, analisando a convocatória hoje publicada, também assinada por Estanislau Barros, chega-se à conclusão de que essa AG determinou a extinção da ADUM. Pelo que agora foi convocada outra AG para analisar, de acordo com o Ponto Um, 'A dissolução da Associação'.

Percebido...? É difícil, realmente. Na certeza porém de que outros episódios se seguirão.

(Eu a escrevê-los já me julgo, porventura, um Gilberto Braga - a propósito, para título, 'Dancing Days' claramente que não, talvez 'Vale-Tudo'...)

8 visualizações