top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Albuquerque assumiu muitos desafios pela frente




"Grande desafio é libertar-se “dos estrangulamentos de um Portugal jacobino” e das regras de uma “estrutura de Estado forjada no principio napoleónico".






“Se nós não tivéssemos uma estratégia, se nós não tivéssemos uma linha de rumo para o futuro, se nós não estivéssemos imbuídos de um espírito político que é comungado pela nossa população, evidentemente há muito tempo que tínhamos deixado de ser poder e a verdade é que muitas vezes diz-se que a oposição na Madeira é má – e é má – mas isso não justifica a nossa manutenção e, sobretudo, a reiterada confiança no nosso Partido”, afirmou, esta tarde, o Presidente do PSD/Madeira, Miguel Albuquerque, na abertura das Jornadas Parlamentares do PSD que decorrem na Região sob o lema “Ambição para Portugal, refere uma nota publicada na plataforma do PSD.

Miguel Albuquerque assumiu que existem muitos desafios pela frente e que o seu grande desafio é libertar-se “dos estrangulamentos de um Portugal jacobino” e das regras de uma “estrutura de Estado forjada no principio napoleónico que obviamente não funciona”, para além das regras que emanam de uma Constituição que “está forjada num tempo que já não existe”, estrangulamentos esses que são impeditivos ao desenvolvimento da Madeira. Desenvolvimento esse que deve, no seu entender, ser ainda mais pujante, capaz de atrair mais investimento, fixar os mais jovens e basear-se num sistema fiscal próprio capaz de atrair empresas e capital numa nova economia global, que é uma economia de oportunidades.


4 visualizações

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page