Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque: Dia de Portugal foi em Formentera


Presidente abriu uma "briga" com Marcelo por não ter convidado a Região para o 10 de junho em Londres quando já tinha férias marcadas.



Provavelmente ninguém daria por isso não fora a crise institucional aberta por Miguel Albuquerque com a presidência da República relativamente ao facto de não ter recebido convite de Marcelo para estar presente nas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em Londres, onde estaria Paulo Cafôfo na qualidade de secretário de Estado das Comunidades. Marcelo respondeu dizendo que Albuquerque foi convidado, mas o "caldo estava entornado", intencionalmente ou não. A sensação de Belém é que o presidente do Governo não queria mesmo ir, com uma justificação: não se sentar à mesma mesa com Paulo Cafôfo.

Mas sabe-se, agora, que Miguel Albuquerque tinha outro motivo, já tinha férias marcadas e nem fez segredo disso. Quando emitiu o primeiro comunicado, a 9 de junho, considerando a falta de convite, no seu entendimento, "uma provocação aos órgãos de governo próprio da Região", já no dia 6 do mesmo mês, numa festa de aniversario de um governante, tinha dito a vários presentes que estaria ausente da Região em férias.

E qual foi o destino escolhido pelo Presidente para esse período de merecido descanso? Foi Formentera, confirmado por várias fontes. Formentera é a mais pequena das ilhas Baleares de Espanha, no mar Mediterrâneo, sendo acessível por ferry a partir de Ibiza, a ilha vizinha mais movimentada e conhecida.

Albuquerque foi com a família e na companhia de Susana Prada e Paulo Prada, administrador do grupo Pestana, amigos de longa data.

240 visualizações