Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque homenageia Eunice como um "portento de palcos"


"Foi uma honra imensurável privar com esta atriz de exceção, que tanto admirava e a quem tinha o privilégio de chamar amiga", escreve o presidente do Governo.




O presidente do Governo Regional publicou hoje uma homenagem a Eunice Muñoz, a atriz que morreu hoje aos 93 anos de idade e com 80 anos de carreira.

Miguel Albuquerque diz que Eunice foi "um portento dos palcos, foi a grande senhora do teatro português nas suas oito décadas de carreira.

Eunice encarnava, vivia e respirava as artes cénicas e arrebatava-nos com a sua intensidade e a forma genuína com que emprestava a sua pele à das personagens.

Foi uma honra imensurável privar com esta atriz de exceção, que tanto admirava e a quem tinha o privilégio de chamar amiga.

Uma Mulher verdadeiramente especial, à frente do seu tempo e de uma modernidade paradoxalmente intemporal.

Hoje, a Arte ficou mais pobre".

8 visualizações