top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Albuquerque: primeiro o Governo, depois a liderança do PSD-Madeira


"O que está em causa “não é um jogo de nem muito menos um jogo de egos”.




O líder do PSD Madeira anunciou que irá apresentar a sua demissão ao Representante da República na próxima segunda-feira e que quem vai apresentar o nome do seu sucessor é o PSD/Madeira. “Compete aos Partidos políticos apresentar uma solução e aquilo que o meu Partido vai propor – e que foi aqui aprovado por unanimidade – é uma solução de governabilidade”, reforçou, adiantando que a sua liderança do Partido será resolvida numa fase posterior, já que a prioridade, agora, é apresentar uma solução de governabilidade para a Madeira.

Miguel Albuquerque sublinhou que a situação económica e social da Região, se ficar suspensa até julho com novas eleições, corre o risco de se degradar de forma acelerada e que esse é um risco que deve ser evitado a todo o custo, deixando claro que o que está em causa “não é um jogo de partidos nem muito menos um jogo de egos”.

Neste momento, “o que é fundamental é que se olhe para a realidade e para a vivência de cada família madeirense”, acautelando o interesse superior coletivo e evitando quaisquer regressões numa Região onde a economia cresce significativamente, onde há emprego e onde existe um conjunto de projetos que têm de continuar, designadamente os do PRR e fundos comunitários, vincou.

Miguel Albuquerque reiterou, ainda, estar disponível, como sempre esteve, para ser ouvido no processo que atualmente decorre “a qualquer altura e para esclarecer o que tem de ser esclarecido em sede própria”.

10 visualizações
bottom of page