Buscar
  • Henrique Correia

Calado perdoa 191 mil euros aos comerciantes do Mercado dos Lavradores


Vice presidente anunciou novidade nos 82 anos do Mercado.




As penalizações dos comerciantes dos Mercados e dos concessionários da autarquia, estão solucionadas.

Cristina Pedra referiu que a promessa assumida, há um ano, pelo Presidente da autarquia, Pedro Calado, “foi cumprida”.

Estavam em causa 191 mil euros só de juros e indemnizações. 

A revelação da vice presidente da Câmara

Foo feita na cerimónia comemorativa do 82º aniversário do Mercado dos Lavradores, que decorreu esta tarde.

Cristina Pedra recorda que ao contrário do que fez o Governo Regional que isentou o pagamento de rendas e taxas em várias áreas, durante a pandemia da Covid, a vereação anterior da coligação ‘Confiança’ decidiu atribuir moratórias.  Esta situação fez com que a dívida fosse suspensa para ser cobrada meses depois.

"A promessa que fizemos na altura era que íamos estudar. Encontrámos a solução jurídica e ajudámos financeiramente os comerciantes dos Mercados da Penteada, dos Lavradores, de todos os concessionários da CMF”, anunciou, sublinhando que a dívida está anulada, com a ajuda dos 191 mil euros.

20 visualizações

Posts recentes

Ver tudo