Buscar
  • Duarte Azevedo

Desporto do Inatel na Madeira... já era


O Funchal continua a ter aberta uma das 23 Agências do país - antes designadas Delegações.




O Desporto para trabalhadores sempre teve expressão significativa na Madeira, nomeadamente nos anos 60 e 70 do século, onde algumas modalidades só tinham expressão no âmbito da FNAT (Federação Nacional para a Alegria no Trabalho). Foram os casos, por exemplo, do voleibol, ténis de mesa, pesca desportiva... Além de forte implementação de outras, como futebol e atletismo.

Mesmo depois do 25 de Abril, nomeadamente quando da passagem da FNAT para INATEL, o Desporto continuou a ser uma imagem de marca na 'ocupação dos tempos livres dos trabalhadores'. Inclusive em 2008, quando o INATEL deixou de pertencer à administração central do Estado, dando origem a uma nova fundação privada de utilidade pública, o 'Desporto para trabalhadores' continuava pujante. Célebres os torneios de Futebol de Salão, primeiro, de Futsal depois, as provas de atletismo, o futebol de 11, o andebol, o voleibol...

De 1977 a 2013 com a coordenação desportiva do professor Nelson Pestana que deixou as funções por motivos de saúde - uma personalidade deveras importante neste sector e não apenas, que merecerá apontamento posterior por aqui.

A verdade é que há alguns anos a esta parte o Desporto no INATEL na Madeira, morreu. O Funchal continua a ter aberta uma das 23 Agências do país - antes designadas Delegações -, sobretudo a funcionar como 'agência de viagens', mas, contrariamente às restantes, não regista atividade desportiva. O que se apresenta como uma falha gritante no sistema desportivo da Região que até investiu num Pavilhão dos Trabalhadores, palco de grandes momentos do... Desporto para Trabalhadores.

De registar que a nível nacional estão abertas inscrições para provas de andebol, futebol, voleibol, basquetebol, futebol de 11 - futebol de 7 em Angra do Heroísmo... Na Madeira não consta que vá haver qualquer atividade...

7 visualizações