Buscar
  • Henrique Correia

EMIR no Porto Santo com 350 ocorrências em 59 dias; média perto dos 6 casos/dia


Presença na ilha com apoio de 24 horas visa "combater a dupla insularidade, reforçando a capacidade de resposta de apoio médico".





Números da secretaria regional da Saúde e Proteção Civil revelam que desde o dia 13 de junho e até ao dia 10 de agosto, a equipa médica da EMIR (Equipa Medicalizada de Intervenção Rápida) registou 350 ocorrências, em 59 dias de permanência na ilha do Porto Santo, no âmbito da missão na época de verão. Um número que coloca a média de quase 6 ocorrências por dia.

"A presença da EMIR no Porto Santo é uma medida do Governo Regional no sentido de combater a dupla insularidade, reforçando a capacidade de resposta de apoio médico e promovendo a emergência pré-hospitalar mais especializada em estreita colaboração com os diversos agentes de saúde e proteção civil, conseguindo uma maior otimização dos recursos disponíveis na ilha de Porto Santo", refere a nota oficial.

A Equipa EMIR, integrada no Serviço de Emergência Médica Regional (SEMER) do Serviço regional de Proteção Civil, em plena articulação com as entidades locais, tem apoiado ativamente na resposta à população do Porto Santo e visitantes 24 horas por dia, todos os dias da semana, no âmbito desta missão de verão 2022. 

Recorda a mesma informação que a atuação da EMIR no Porto Santo tem vindo a acontecer nos últimos anos e a missão de verão é uma das três missões anuais realizadas naquela ilha, além da resposta noutras alturas de maior afluência de pessoas no Porto Santo como por exemplo nas férias da Páscoa e nas Festas de São João".

9 visualizações