Buscar
  • Henrique Correia

Machado "desconcertado" com este Nacional


Ânimo em baixo, reação fisica deficiente, desentendimentos em campo. Resultado: goleada de 5-1



O Nacional treinou hoje depois de ter sofrido a goleada, ontem, frente ao Portimonense.


Manuel Machado até pode conseguir o objetivo de manter o Nacional na I Liga, o que seria importante no contexto do futebol madeirense, mas já não se livra da estreia desconcertante da equipa sob o seu comando, pior era impossível, um claro 5-1, ainda por cima em casa. E o técnico não conseguiu esconder esse incómodo de ter encontrado uma equipa cheia de problemas.

Além do nível anímico em baixo, Machado falou numa certa dificuldade física da equipa e de uma atenção especial para os desentendimentos em campo, próprios de correspondência com aquele provérbio "casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão". Muito para uma equipa que, agora, tem nove jogos para tentar sair dos lugares de despromoção, onde se encontra.

Mas Machado não pode fazer outra coisa que não seja seguir em frente para tentar conquistar pontos e melhorar os níveis de rendimento da equipa. Foi isso que prometeu na conferência de imprensa, onde em vários momentos não escondeu algum incómodo por esta estreia, que contraria o que é habitual quando uma equipa muda de treinador, o chamado efeito psicológico, com os jogadores a quererem mostrar valor ao novo técnico.

Neste caso, o que mostraram ainda foi pior do que já estava. Manuel Machado tem um desafio enorme pela frente.

Entretanto, hoje, o clube anunciou o regresso aos treinos doze horas após o gim do jogo diante do Portimonense. "A equipa sénior de futebol do Nacional voltou à Cidade Desportiva do clube para uma sessão de treino a duas velocidades.

Os mais utilizados no jogo de ontem fizeram trabalho de recuperação ativa; os restantes cumpriram uma sessão mais exigente do ponto de vista físico", refere nota no site do clube.

Koziello e Witi fizeram apenas tratamento. Francisco Ramos, ainda a recuperar de uma pancreatite, ficou em casa.

A equipa entrou depois de folga, tendo regresso ao trabalho está agendado para segunda-feira, altura em que se inícia ao ciclo de preparação para o jogo do próximo domingo, nos Açores, diante do Santa Clara.

13 visualizações

Posts recentes

Ver tudo