Buscar
  • Duarte Azevedo

Madeirense Diogo Camacho aborda papel de um analista no futebol

Para além da análise dos jogos, Diogo Camacho faz, também, com um colega da mesma área, a análise de todos os treinos.




Diogo Camacho foi um dos convidados do World Scouting Congress, iniciativa que teve a quinta edição realizada na cidade do Porto.

O madeirense, que trabalha no Wolverhampton, falou da importância do scouting no futebol e relatou a sua experiência. 

Diogo Camacho não escondeu que "esta profissão é muto interessante", notando que ver tantos jogos "permite-nos ter uma ideia do que é o jogo", embora o trabalho, reconheça, seja feito "sob muita pressão".

Este analista na equipa técnica do português Bruno Lage nos 'Wolves', madeirense de nascimento 'e de coração', tem 23 anos e está há duas temporadas no clube inglês, depois de uma primeira experiência no Famalicão. Para além da análise dos jogos, Diogo Camacho faz, também, com um colega da mesma área, a análise de todos os treinos.

Conquanto concorde que "imprevisibilidade" continua a ser "a beleza do futebol", Diogo diz que o analista tem de se adaptar ao treinador principal da equipa. "Temos de ver o jogo com os olhos do nosso treinador".

3 visualizações

Posts recentes

Ver tudo