Buscar
  • Henrique Correia

"Palácio das pessoas" assinala 25 anos de abertura ao público

A entrada é livre, mas no presente contexto de pandemia, a lotação máxima da sala está limitada ao cumprimento do distanciamento social, sendo obrigatório de máscara e, à entrada, de medição prévia da temperatura e desinfeção das mãos


Esta terça-feira, 22 de setembro, assinalam-se os 25 anos de abertura ao público do Palácio de São Lourenço através de uma sessão aberta que terá lugar no Salão Nobre pelas 18h00. Do programa constam uma apresentação prévia desta efeméride, destacando o percurso e o significado de 25 anos de abertura ao público deste monumento emblemático até então inacessível ao público em geral, seguindo-se a atuação do _“Clube de Danças Históricas e Antigas"_, coordenado pela Prof. Iryna Cherednik.

A entrada é livre, mas no presente contexto de pandemia, a lotação máxima da sala está limitada ao cumprimento do distanciamento social, sendo obrigatório de máscara e, à entrada, de medição prévia da temperatura e desinfeção das mãos. O acesso do público está sujeito a inscrição prévia (telefone 291202530 ou e-mail gabrr.palacio@gmail.com).  Mais informações são disponibilizadas em

http://representantedarepublica-madeira.pt/palacio-sao-lourenco/agenda-cultural.aspx

Margarida Camacho, responsável pelos Serviços da Área Museológica do Palácio de São Lourenço escreve que "desde 1995 este monumento privilegiou a acessibilidade em sentido amplo, a relação com os públicos e a abertura às iniciativas da comunidade, na certeza de uma herança cultural partilhada. Foram muitos os que ao longo destes 25 anos aqui acederam, em visitas orientadas, comentadas, musicadas, dançadas, encenadas; visitas autónomas, mediadas ou não; visitas ao "Palácio do Avesso", nos bastidores da atividade cultural e da conservação; visitas emocionais, de partilha expontânea, de aprendizagem mútua; contribuindo para a recolha de memórias; participando em ateliers de Verão e de Natal, para e com juniores e seniores; e ainda em generoso voluntariado na preparação e

acompanhamento de atividades e outras formas de colaboração, como atuações de artes performativas, exposições, palestras, debates (eventos culturais sempre de participação voluntária e entrada livre). Nesta data, celebramos a partilha desta herança patrimonial com as pessoas que lhe deram e dão razão de ser - colegas, colaboradores, voluntários, visitantes, profissionais e órgãos de comunicação social, instituições públicas e privadas e todos os que durante 25 anos, através de parcerias informais, contribuíram para que o Palácio de São Lourenço seja um monumento aberto ao acolhimento e envolvimento

de residentes e visitantes nacionais ou estrangeiros.

7 visualizações