top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

PAN defende chip para cães e gatos e penas para donos incumpridores



"Retirem as verbas destinadas à construção da estrada das Ginjas e do teleférico do Curral das Freiras e utilizem as mesmas para inverter a situação de redução da área florestal da Laurissilva



Imagem PAN


No Dia Mundial da Árvore ou da Floresta,o PAN comentou declarações da secretára regional Susana Prada dizendo que a única solução para os gatos que vivem nas serras é a eutanásia.

"O PAN Madeira, que já anteriormente se manifestou contra a política de extinções deste governo (fosse das cabras das desertas, dos pombos urbanos, dos pombos torcazes, das abelhas, etc..), assim como durante anos nos manifestamos contra a política de eutanásia sistemática e programada no canil municipal do Funchal, pois a política do governo do PSD/CDS é sempre a mesma = Matar".

Joaquim José Sousa julga que “o problema do aumento do número de felinos não se resolve com a morte destes, mas sim com o investimento na prevenção.” “Em toda a região, as juntas, as câmaras municipais, a secretaria regional do Ambiente deveriam investir já na identificação, com um microchip gratuito para todos os cães e gatos. Assim como considero que as penas para quem fosse apanhado com um animal sem chip deveriam ser mais duras”, sugeriu. Com isso evitar-se-ia a proliferação de colónias de animais selvagens e os abrigos para animais poderiam mais facilmente cuidar dos animais maltratados".

Relativamente ao Ambiente, o PAN divulgou várias propostas. Ficam aqui algumas:


"Retirem as verbas destinadas à construção da estrada das Ginjas e do teleférico do Curral das Freiras e utilizem as mesmas para inverter a situação de redução da área florestal da Laurissilva e apostem na rearborizações com espécies autóctones.

O PAN sugere ao parlamento regional que avance com a adoção de um quadro legislativo para o Autoconsumo Coletivo e para as Comunidades de Energias Renováveis, assim como sugere que parte das verbas do PRR sejam alocadas à transição energética doméstica;

Madeira deve implementar uma política regional de transportes públicos, de modo a viabilizar um dos grandes objetivos dos tempos modernos – a redução do uso do transporte particular – o PAN defende a adoção do transporte ferroviário e dos transportes rodoviários tendencialmente gratuitos.

Parar as agressões ambientais (construção de estradas, morte de pombos, construção de infraestruturas desnecessárias, morte das cabras, morte dos gatos, morte, morte, morte, etc.), de modo que as próximas gerações possam usufruir de condições similares às nossas".

O PAN entende que deve ser implementada uma rede regional de Acolhimento Animal e que as/ os tratadores de matilhas urbanas devem ser reconhecidos/ apoiados enquanto cuidadores de seres vivos".

2 visualizações

Comments


bottom of page