Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque "percorre" os concelhos na "Festa" e pede "menos com mais"


"Que seja um Natal de verdadeira esperança no futuro, no nosso e no de todos. Que este seja um Natal diferente, mas sempre com Festas Felizes!"





Miguel Albuquerque está a viver o seu momento político mais difícil, do ponto de vista das medidas a adotar e da gestão financeira da crise, que da mesma forma que tem feito colapsar muitas empresas, enviando milhares de trabalhadores para o desemprego, também está a criar problemas de ordem orçamental aos governo.

Menos receita e mais despesa nunca deu certo. Mas não há outra forma, neste momento, para fazer face aos que sempre precisaram de ajuda e vão continuar a precisar, aos que nunca precisaram e agora precisam, aos que vão precisar, não tarda nada, porque os apoios não duram para sempre.

Mas é Natal e é importante ver o lado bom num contexto mau. E Miguel Albuquerque procurou fazer isso na sua página do Facebook, publicando várias mensagens e imagens das iluminações nos diferentes concelhos da Região, mesmo aqueles que não são geridos, localmente, pelo partido do Governo, o PSD. Vem publicando, já publicou oito.





Albuquerque pede para que se faça "deste um Natal diferente. Um Natal em que se cumpre as regras, para proteção de todos, mas com luz. Um Natal com distanciamento, mas com os nossos no coração. Um Natal com menos, mas com mais, mais compreensão, mais solidariedade e mais preocupação pelo próximo. Que seja um Natal de verdadeira esperança no futuro, no nosso e no de todos. Que este seja um Natal diferente, mas sempre com Festas Felizes!"

Numa publicação pessoal, referente às iluminações de Santa Cruz, o presidente do Governo escreve: "Que bonita está a nossa Região, engalanada com tão cintilantes luzes. Cumprindo sempre as normas de segurança e distanciamento, não deixe de usufruir destas tão maravilhosas iluminações do município de Santa Cruz". Fê-lo relativamente aos outros concelhos, sempre com o cunho da prevenção e da segurança. Num ano atípico e que não excluiu ninguém das dificuldades.


15 visualizações