Buscar
  • Henrique Correia

Albuquerque visita o Zino's Palace gerido pela Tecnovia


O Palacete e a Capela anexa, a Capela de Santo António, foram construídos no final do século XIX.




O presidente do Governo Regional vai visitar amanhã, segunda-feira, 6 de junho, pelas 17 horas, o “1905 Zino’s Palace”, um estabelecimento de alojamento local situado no Caminho do Lombo da Casada (no Lugar de Baixo), na Ponta do Sol.

É gerido pela sociedade Tecnovia Madeira - Sociedade de Empreitadas, revela a Quinta Vigia.

Trata-se de uma unidade de hospedagem que iniciou a sua atividade, oficialmente, a 12 de fevereiro de 2020 (muito pouco antes da pandemia) e é composto por 9 unidades de alojamento, todos do tipo quarto duplo, totalizando 18 camas.

A mesma informação revela que o secular palacete, totalmente renovado, tem um total de nove quartos, distribuídos por três pisos. São três quartos duplo superior com vista para o mar, dois quartos duplo clássico, dois quartos duplo acolhedor e duas suítes vista mar.

Os quartos estão equipados com casa de banho, mini-bar, chaleira, secador, cofre e há opções de pequeno-almoço continental e buffet, disponíveis diariamente no hotel.

Conta com restaurante, piscina aquecida, bar e um pátio grande, com zonas de esplanada.

O Palacete e a Capela anexa, a Capela de Santo António, foram construídos no final do século XIX com a finalidade de serem usados como casa de verão da família Zino, aproveitando o excelente clima da zona.

Mais tarde, o edifício chegou a ser utilizado pelo Estado como Escola Prática Elementar de Agricultura da Madeira — e depois como uma Escola Primária.

O espaço foi abandonado em 1976, mas em 2002 o governo regional decidiu recuperá-lo, equipando-o de modo a poder receber eventos.

Nessa altura deixou de ser identificado como Palacete dos Zinos e foi rebatizado como Palacete do Lugar de Baixo.

Esta obra esteve a cargo da Sociedade de Desenvolvimento Ponta do Oeste e teve por objetivo a recuperação do Património da Região.


7 visualizações