top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

"Anormais, incompetentes e canalhas não têm lugar nesta terra..."


Pedro Ramos ia apresentar como prevenir incêndios e afinal fez uma espécie de "fogo posto" com as palavras. Miguel Gouveia reagiu: "Se é esta acestabilidade que nos tentam impingir..."




"A Madeira vai continuar a incomodar e não vai parar. Anormais, incompetentes e canalhas não têm lugar nesta terra. Mais uma vez a Madeira venceu". Foi assim que o secretário regional da Saúde "incendiou" o discurso durante a apresentação do Plano Operacional contra Incêndios, o POCIR. Antes de falar sobre como prevenir os fogos, Pedro Ramos optou por fazer uma abordagem política enviando recados. Uma espécie de "fogo posto" com uma declaração surpreendente que já provocou reações em função de uma afirmação "manifestamente exagerada e mais consentâne com a condição de militante e pouco adequada à responsabilidade de um governante l", dizem várias "fontes".

Quem reagiu publicamente foi Miguel Silva Gouveia, socialista, vereador da coligação Confiança na Câmara do Funchal: "Por mais dificil que seja o contexto político, a democravia acaba sempre por encontrar caminhos. Dito isto, considero que qualquer tipo de discurso de ódio, ofensivo e discriminatório, não deve ter lugar na esfera pública, muito menos proferido por um Secretário Regional no exercício das suas

funções funções Se esta é a estabilidade que nos pretendem impingir, não obrigado.

49 visualizações

Comments


bottom of page