top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Benfiquismo de maritimistas faz Jardim "ressuscitar" o clube representativo





Comportamento de adeptos do Marítimo que puxaram pelo Benfica "explica muito o não quererem uma equipa de futebol profissional forte, representativa de toda a Região, que lhes dispute títulos. Mas este mal é debelável!..."




Quem conhece Jardim sabe que na altura em que pensou no clube único e levou com a maior contestação da sua longa história governativa, em pleno Estádio dos Barreiros, assim denominado na altura, o recuo foi apenas estratégico e não por ter dado razão aos contestatários. O então presidente do Governo Regional mediu mal o momento e pensou que tal como todas as suas decisões também esta do clube único ou representativo ia passar no exato modelo que defendia. Enganou-se, recuou, mas nunca esqueceu e a solução está sempre presente até aos dias de hoje.

Já fora da governação, mas na mesma com o sentido de escrutínio, Alberto João Jardim voltou a abordar o clube representativo escrevendo no Twitter: "A preferência de uns tipos que se dizem “Marítimo”, por clubes dos Bairros de Lisboa, explica muito o não quererem uma equipa de futebol profissional forte, representativa de toda a Região, que lhes dispute títulos. Mas este mal é debelável!..."

33 visualizações

コメント


bottom of page