top of page
Buscar
  • Foto do escritorHenrique Correia

Calado garante cumprir a lei no que for feito na Praia Formosa



"Já chega daquele marasmo que lá está há muitos e muitos anos”.





O presidente da Câmara Municipal do Funchal garantiu que “nada do que vai ser feito na Praia Formosa será acima da lei”, isto é, estará de acordo com o Plano Diretor Municipal (PDM) de 2018, aprovado pela anterior Presidência da ‘Confiança’.

Pedro Calado reafirma o compromisso de manter o acesso livre e gratuito da Praia Formosa à população. Conforme disse, o objetivo da autarquia é “desenvolver” aquela zona para usufruto da população. “Já chega daquele marasmo que lá está há muitos e muitos anos”, salientou.

O vereador do Urbanismo, João Rodrigues, esclareceu que na área de 40 mil metros quadrados, cedida à autarquia do Funchal por um promotor privado e que é muito superior à do Parque de Santa Catarina (32 mil metros quadrados), não haverá construção. Será um espaço ajardinado para recreação e lazer da população com estacionamento subterrâneo. Pedro Calado assegurou  que Câmara não tem qualquer terreno na Praia Formosa, sublinhando que os projetos para ali desenhados mantêm uma praia aberta ao público, com estacionamentos (600) de acesso público e que serão pagos.

Os esclarecimentos foram feitos, após uma abordagem feita pelo grupo municipal do PS, durante a Sessão Ordinária da Assembleia Municipal do Funchal, que decorre esta sexta-feira.

4 visualizações

Comments


bottom of page