Buscar
  • Henrique Correia

Dezenas de casos positivos de pessoas que pretendiam viajar para Porto Santo


Pedro Ramos revelou ainda que os testes obrigatórios para quem viaja para a ilha dourada vão manter-se na Páscoa. Comunidade educativa é para vacinar nas férias da Páscoa




O secretário regional da Saúde e Proteção Civil revelou esta terça-feira, à RTP-M, que já se registaram dezenas de testes positivos desde que o Governo tornou obrigatória a apresentação de teste à COVID-19 à partida do Funchal, quer por via aérea, quer por via marítima, através do Lobo Marinho. Os testes vão manter-se na Páscoa, época tradicionalmente de grande afluência, confirma Pedro Ramos.

O governante disse, ainda, que em matéria das escolas, já está todo o procedimento preparado para testar toda a comunidade educativa nas férias da Páscoa. Esta terça-feira, houve uma reunião entre o presidente do Governo e os secretários regionais da Saúde e Educação para o efeito. Falta apenas a definição, quinta-feira, sobre a suspensão da vacina da AstraZeneca, por parte da Autoridade Europeia do Medicamento.

Pedro Ramos diz que não há vacinas suficientes, da Pfizer, neste momento, para que a Região possa responder já à vacina de alunos e professores. Mas o processo está todo preparado.

Relativamente ao alívio das medidas de restrição, na Madeira, o governante diz que é importante avaliarmos a evolução, mas não avançou com datas concretas sobre a supressão do atual confinamento, ainda que parcial.

Pedro Ramos admite que esta paragem de 15 dias na vacinação da AstraZeneca, irá provocar atrasos relativamemte à situação esperada para o Verão deste ano.

20 visualizações